Um Hibridismo Sígnico

Em “Linguagens em arquiteturas líquidas”, Lúcia Santaella diz que o computador nos coloca diante de uma nova linguagem, um hibridismo sígnico e midiático que seria o ciberespaço em si. Os conceitos de escritura de texto no ciberespaço vêm passando por mudanças como a integração de texto, imagem e som. Formando assim uma nova maneira de produzir um texto escrito, aonde passa-se então a fundir ele com outras linguagens, formando uma linguagem híbrida que é chamada de hipermídia.

O computador ainda faz com que a linguagem digital (texto, imagem, gráfico e sons) possa ser transcodificada processando-os e devolvendo-os aos nossos sentidos na forma original. Desse modo criam-se sintaxes híbridas, sons, palavras e imagens, que antes só podiam coexistir, agora passam a coengendrar em estruturas fluidas, onde os usuários podem navegar e interagir.

Acho que as possibilidades para o desenvolvimento dos mais diferentes tipos de projetos nos meios digitais irão aumentar cada vez mais. Além disso acredito que toda essa tecnologia possa trazer cada vez mais diversidade de criação no ciberespaço, com lugares cada vez mais originais aonde os internautas possam navegar.

Postado por,

Camila T. Carvalho

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: